Simbolismo e significado de Pégaso

2022 | Simbolismo

Cavalo, em certo sentido geral, é o animal, a criatura que está associada a inúmeros atributos positivos e, como alguns gostam de dizer, este é o animal mais digno e incomparável.

E seguindo esse contexto, não é de se admirar que esse animal tenha feito parte de tantas lendas, mitos, etc. Não há lugar no mundo onde essa criatura incrível encontre sua posição como o animal mais amado e querido com alguns superpoderes incríveis.



Mas, nesta peça, estamos falando sobre um cavalo único, não o comum; estamos falando de Pegasus.



Em primeiro lugar, devemos informar que esta é a criatura que, segundo a lenda grega, era o cavalo alado e muitas vezes era associada à água; ele era filho de Poseidon. Ele tinha inúmeros poderes, e a água frequentemente está conectada a ele.

Nesta interpretação são encontrados os significados mesclados da fonte e das asas: a criação espiritual. Nas próximas seções, explicaremos com mais detalhes esse significado.



O significado de Pégaso

Assim, como já dissemos, o Pégaso nasceu nas nascentes de água / oceano; ele era um regular que havia bebido água na Fonte Pieriana, e o Belerofonte (ele era um dos heróis, de acordo com a mitologia grega) o encontrou nesta fonte, e ele pisou com sua comida e causou um impacto no Monte Pégaso; ele criou a fonte; conectado com tempestades, carregando trovões e relâmpagos em vez do cauteloso Zeus.

Segundo a tradição, o cavalo, de uma maneira geral, representa o calor do desejo - é uma criatura que tem sangue quente. Mas, na mitologia, quando um homem divide um corpo com um cavalo, então é um monstro mítico, um centauro: ele se identifica com os instintos animais.

Mas o cavalo que tem asas é outra coisa, algo que vem como o oposto do cavalo-monstro. Nesse sentido, ele (Pégaso) é a representação da imaginação criadora e seu sucesso real, qualidades espirituais e sublimes (capaz de elevar o homem) para além do perigo de regressão.



Quanto ao nome Pégaso, não sabemos bem o que dizer, pois a origem de seu nome ainda não foi esclarecida. A opinião que prevalece é que significa forte, poderoso, mas também está associada à palavra grega source porque Pégaso veio ao mundo na fonte do oceano.

Em algumas outras interpretações, o nome Pégaso significa preto e branco, mas não há confirmações.

Uns dizem que o Pégaso vem do Oriente, enquanto outros têm a certeza que se trata da criatura ligada à Grécia - devemos dizer que esta afirmação tem mais provas visto que existem alguns monumentos dedicados a este Cavalo alado.

Há alegações de que sua pátria provavelmente fica no norte do Peloponeso, mais precisamente em Corinto. Os monumentos que representam Pegasus falam em apoio a esta afirmação.

A mitologia do Pégaso

A origem do caráter do cavalo alado também não foi determinada. É geralmente aceito que um cavalo alado, como outras criaturas míticas aladas (grifos, esfinges), se origina do Oriente.

Nessas tradições, podemos encontrar algumas representações de um cavalo alado cujo personagem é provavelmente o personagem de Pégaso - essa ideia foi enviada do Oriente para o Ocidente. Mas, há mais afirmações de que o Pégaso é originário da Grécia, e que existem inúmeros monumentos dedicados a ele.

Cavalo alado e Pégaso são dois motivos que se interligam, sendo que o mais utilizado é o momento em que os mercadores fenícios passaram a utilizá-lo. Alguns dizem que a representação de um cavalo alado vem mais aparentemente da Assíria, através de culturas pré-asiáticas, em numerosas variantes orientalistas, através dos fenícios, e então esse ser atingiu a Grécia.

O poeta grego Hesíodo escreveu sobre Pégaso, em seu livro Gênesis dos Deuses, onde falou sobre a versão mais antiga do nascimento de Pégaso. Ele foi, de acordo com este livro antigo, criado pela união de Poseidon e Medusa em um prado entre flores da primavera. Poseidon e Medusa em forma de cavalo também fazem parte desse mito, e ela o deu à luz naturalmente.

Na mitologia romana, o poeta Publius Nazon Ovid, em seu livro Metamorphoses, escreve que Poseidon, em forma de pássaro, havia prometido a Medusa no templo da deusa Atena.

Nesta versão, o Pégaso nasceu do corpo de Medusa, e esta é a versão mais famosa de seu nascimento. De acordo com esse mito, o rei Polidectes que deseja se casar com a mãe de Perseu Danae e se livrar de Perseu envia este para trazer a cabeça de Górgona Medusa.

Após a busca, Perseu encontra Medusa dormindo com suas irmãs e olhando para seu reflexo no escudo que Atena deu a ele, e ela corta sua cabeça com uma espada curva.

Naquele momento, o cavalo alado Pégaso e um gigante com uma espada dourada pularam do corpo de Medusa. Outra versão desse mito é que Pegasus não saltou do corpo de Medusa, mas nasceu de seu sangue. Em alguns casos, há uma versão dessa história, em que os dois cenários são combinados.

Houve autores que pensaram que Medusa não era a mãe de Pegasus, mas que essa mãe era outra pessoa.

Seja qual for o caso real, no mundo da linguagem simbólica, isso não é importante, mas a ideia do Pégaso é o que importa.

O Simbolismo de Pégaso

Um cavalo, este belo e incrível animal poderia legitimamente levar o título de melhor amigo do homem; e este é um fato que não mudou desde que o homem domesticou este animal. Cada comunidade humana que conheceu o cavalo ficou maravilhada com a divindade deste animal, sentindo-se maravilhada e até mesmo humilde.

Da mesma forma, quando os humanos conseguiram domar este animal magnífico, eles mantiveram esses sentimentos, somando-se aos sentimentos de afeto e amizade - não há nada que este animal conecte pequeno e insignificante, tudo o que ele faz é grandioso.

O Cavalo é o símbolo da lealdade e da amizade profunda - se você olhar para qualquer história, sempre há um homem, um herói e seu Cavalo, que o segue e é alguém que o protege.

Portanto, não é surpresa que o cavalo tenha ocupado um dos lugares mais importantes na religião e na arte humana desde seus primeiros dias. Qualquer que seja a obra de arte que você olhar, poderá ver um humano e, em algum lugar, um Cavalo, em toda a sua glória.

Então, como você pode ver e provavelmente sabe, o Pégaso é um cavalo alado que está conectado à fonte; e a palavra Fonte é realmente relevante para falar. O significado simbólico de Pégaso está ligado à água (fertilidade, milagre, maravilha, etc.), que servirá de eixo na interpretação do mito, nuvem portadora de água fértil.

Isso é realmente importante saber se você deseja compreender o simbolismo do Pégaso - a água como a origem de toda a vida na Terra, e se quisermos traduzir essa ideia, poderíamos dizer a origem de todas as ideias significativas que moldam o nosso mundo .

É claro que essas ideias podem ser boas e ruins, e seu eco pode ser bom e ruim.

E nesse sentido, você deve se lembrar da origem grega da palavra Pégaso que fala da dualidade as asas pretas e brancas - então, de certa forma; fala da dualidade do nosso mundo, tal como é.

Pégaso, o cavalo alado, aliás, surge como um símbolo da imaginação sublimada, uma imaginação objetivada que eleva o homem a paisagens elevadas - você pode ser fértil com suas idéias, e assim atingir algumas partes do Universo, que de outra forma, inalcançáveis.

Pégaso tornou-se um símbolo de inspiração poética: em alguns poemas, é descrito como o cavalo alado que galopa ou voa no reino dos contos de fadas. Não é um estábulo civil virtuoso e útil, muito menos um cavalo de combate que levantará poeira e chacoalhará pateticamente na batalha da companhia. Em um poema, as pernas do corredor alado são cravejadas de ouro, suas rédeas são fios de pérolas e eu as deixo vibrar de alegria.

Dá para ver como o Pégaso é inspirador na poesia, e nem poderíamos começar com uma obra de arte que tenha como motivo principal esse cavalo.

Conclusão

O simbolismo do cavalo é muito complexo e em alguns pontos não muito bem definido, mas o fato é que está presente em todas as culturas e civilizações do mundo.

Alguns vêem o cavalo (e o Pégaso é o Cavalo alado) vêem nele um animal associado a ritos fúnebres e tais cultos, enquanto outros o vêem como o símbolo do espírito do mundo ou do mundo dos fenômenos, e alguns concluem que o cavalo representa desejo e instintos ferozes.

Devemos dizer que tudo isso é verdade, e no caso do Pégaso, ainda mais, ele eleva todos esses traços a outro nível. Mas, como tudo mais, ter características incríveis não é o suficiente, e até mesmo esse poder pode ir em outra direção.

Então, nesse sentido, o Pégaso, como cavalo alado, é o símbolo do poder de um guerreiro, de um rei e de um homem poderoso. Adicionar asas a um cavalo torna o simbolismo ainda mais complexo.

O cavalo alado mais famoso na religião e na arte é Pégaso, o maravilhoso cavalo divino da mitologia grega (já que se afirma que ele é originário da Grécia.

Para concluir, afinal, que dissemos, afinal, coisas que reunimos que tocam o simbolismo e o significado do Pégaso - este é um cavalo arquetípico, o filho da noite e do segredo, é um animal do mundo. Sai das entranhas da Terra ou das profundezas do mar e traz morte e vida porque está associada ao fogo e à água, elementos que podem ser criativos, mas também destrutivos.

A mensagem para todos nós, assim como qualquer coisa na vida - todo poder que temos poderia (e às vezes é) ser direcionado na direção errada e usado para destruição.